Tag Archives: unção

O Avivamento prometido

Todos anelamos por um despertar da igreja de Jesus Cristo no Rio Grande do Sul.  A igreja no Rio Grande do Sul foi reavivada ou ainda esperamos por um reavivamento?

À busca da Shequiná

“Rogo-te que me mostres a tua glória” (33.18).

Cristãos e pregadores baseados neste texto anelam por ver a glória de Deus imaginando uma manifestação de fogo, escuridão, arrepios pelo corpo, chuvas, ventos, saraiva etc. Uma palavra moderna para glória comumente usada é shequinah, no entanto, este autor passou um pente-fino em toda a Bíblia buscando encontrar a palavra shequinah no hebraico e não a encontrou. Quando aparece glória referindo-se a Deus, na maioria dos textos do AT é chabode. Existem 16 palavras traduzidas como glória, 10 no AT e nenhuma palavra hebraica como shequinah. Desconfio de que esta palavra tem origem na cabala judaica e faça parte do hebraico moderno, jamais do texto hebraico! No NT a que mais se apropria à glória de Cristo e de Deus é Doxa.

Fé e imposição de mãos

Na sequência da série sobre fundamentos ou “princípios elementares da doutrina de Cristo” (Hb 6.1-2) veremos hoje dois fundamentos importantes: Fé e imposição de mãos.

O Culto a Deus – Criando novas liturgias

Liturgia vem da palavra grega “leitos” povo e “ergon” obra, e significa “serviço do povo”. O termo em português carrega a conotação de ritual, de rito, de ordem de culto, de ladainhas e repetições, por isso quando alguém diz: aquela igreja é muito litúrgica está querendo afirmar que o culto daqueles irmãos segue um programa preestabelecido. Na sociedade grega havia os liturgos que deviam exercer gradualmente e à sua custa certas funções públicas, como equipar os navios, organizar os jogos e concursos de dramas e a manutenção dos ginásios.

Deus fala. Deus concede – É questão de fidelidade de nossa parte

Dois princípios abordaremos neste artigo.

Primeiro. Deus fala conosco à medida que lhe obedecemos.

Cultivando a vida interior

Como é difícil cultivar a vida interior, tendo que vencer os desejos de nosso eu e submetê-los aos desejos de Deus. Sentir, como Paulo o “Cristo em nós” e ao mesmo tempo o latejar da carne e do pecado é constante desafio a todos os que querem sinceramente servir a Deus.

O Dirigente do Culto

No livro “O Ministério de Louvor da Igreja”, editado pela Editora Betânia, apresento alguns requisitos de comportamento que todo dirigente de culto deve ter diante de seus colegas, diante da igreja e na direção do Espírito Santo. Se pudesse reeditar aquele capítulo, apresentaria outros requisitos tão necessários na vida dos músicos e dirigentes de cultos. Nas conferências sobre louvor e adoração, tenho falado sobre a necessidade dessas qualificações que todo dirigente de culto deve ter.

Óleo da Oliveira e Nardo Precioso

Fonte: Diccionay of Christ and the Apostles editado por James Hastings, D.D. Volume II, p 264 – edição de 1908

Cair sob o poder do Espírito Santo

Nota introdutória

As manifestações do Espírito são surpreendentes nas Escrituras e na história da igreja. Meu objetivo, ao escrever este artigo é o de mostrar que tais experiências ocorreram em outros avivamentos da história da igreja, por isso apresento o tema à luz da Escritura, nossa regra básica de Fé.

Uns são e Unção!

Nestes últimos dias ouvimos experiências, as mais diversas, de pessoas que testemunham que receberam algum tipo de unção. Unção do leão, unção da águia, unção dos quatros seres viventes – imagine o que poderiam fazer com unção assim – unção da lagartixa, etc. Só não ouvi testemunho algum de alguém que tenha recebido unção do quebrantamento, unção da obediência, unção da paz, etc.