Vivendo com simplicidade

Texto: Lucas 12.13-34

Introdução.

Quem não tem sonhos de ficar rico? De ganhar fortuna por algum meio e depois viver tranqüilo, sem preocupações? Quem não sonhou em ganhar na loteria, sozinho? Engana-se aquele que pensa que o rico não tem preocupações: O rico se preocupa mais que o pobre, em todos os sentidos.

Jesus queria ajudar os dois irmãos, acometidos da ambição, esse mal terrível que domina o mundo. Falando a ambos, Jesus procurou tirá-los do lodo em que chafurdavam, do terreno da ambição, para um nível maior. Um tinha o dinheiro; o outro o queria. Jesus tentou colocá-los num nível superior. O filho mais velho tinha direito ao dobro da herança (Dt 21.17).

Desse encontro Jesus profere uma grande verdade: “Tende cuidado. Guardai-vos de toda e qualquer avareza; porque a vida de um homem não consiste na abundância dos bens que ele possui” (v 15). E depois, por causa da disputa daqueles dois homens, Jesus conta uma parábola (vv 16-21).

1. A ambição é condenada nos Dez Mandamentos (Ex 20.17).

2. Paulo refere-se a ambição como idolatria (Cl 3.5; Ef 5. 3; Hb 13.5).

A palavra vida, às vezes é tomada no sentido de felicidade, ou alegria. Mas Jesus está falando mesmo de vida, por isso conta uma parábola a seguir.

A filosofia dos Epicureus, dizia: “Comamos e bebamos que amanhã morreremos”. Jesus a contraria no v 20: “Louco!”.

A. Dessa parábola aprendemos que:

1. O ímpio prospera – suas terras produzem muito. Deus satisfaz-lhes o desejo de riquezas de seus corações, mas interiormente ficam vazios!

2. As riquezas acarretam-nos com cuidados e ansiedades.

3. Eles rejeitam o carinho de Deus – e fazem mal às suas próprias almas.

4. A ansiedade do ambicioso não reside no bem que ele pode fazer com suas riquezas, mas onde a armazena, e com ela pratica bem algum.

5. As riquezas não podem ser levadas para a sepultura.

6. O homem que se agarra às riquezas dessa maneira é um tolo aos olhos de Deus.

7. O caminho da sabedoria é buscar primeiramente o reino de Deus; sem se importar com sua herança aqui, mas nos céus! Traduzi uma linda poesia do inglês:

O pardal falou para a andorinha:

“Gostaria mesmo de saber

Por que os humanos vivem ansiosos

Correndo e se preocupando com quê?”

A andorinha responde ao pardal:

“Amigo, acho que entendi

Eles não têm um Pai celeste

Como o que cuida de mim e de ti.”

B. A vida de simplicidade é para todos os crentes.

1. Significa viver uma vida com contentamento e confiança. “Não andeis ansiosos de coisa alguma” (Fp 4.6). “Nada tendo, mas tudo possuindo” (2 Co 6.10). “Porque aprendi a viver contente em toda e qualquer situação” (Fp 4.11). “Tendo sustento e com que nos vestir, estejamos contentes” (1 Tm 6.8).

2. A vida simples nos liberta das garras da cobiça. Paulo disse: “De ninguém cobicei prata, nem ouro, nem vestes” (At 20.33). “Gratuitamente vos anunciei o evangelho de Deus…não me fiz pesado a ninguém” (2 Co 11.6-7).

3.  Vida de modéstia e temperança em todas as coisas. “sóbrio, justo, piedoso, que tenha domínio de si” (Tt 1.8). Nosso uso dos recursos é sempre moderado pela necessidade humana.

4.  Significa receber a provisão material com gratidão. “Se quiseres, e me ouvirdes, comereis o melhor desta terra” (Is 1.19). Deus sempre promete o sustento, desde que sejamos cheios de ações de graças (Dt 8.7-18). “Em tudo daí graças” (Ef 5.20).

5. Simplicidade, significa disponibilidade. Livres da compulsão de adquirir sempre, algo maior, e sempre algo melhor, teremos mais tempo e energia para responder às necessidades humanas.

6. Significa dar alegre e prazerosamente. “Deram-se a si mesmos primeiros” (2 Co 8.5).

7. Simplicidade é dar conforme a sua prosperidade (1 Co 16.1-2). Proporcional a quê? Dar escandaliza o mundo do comércio e da competição.

8. A vida simples subjuga o demônio chamado Mamom, demônio que oprime pela riqueza e pela pobreza. João Wesley disse: “Ganhe tudo o que puder, economize tudo o que puder, dê tudo o que puder”. “Não podeis servir a Deus e às riquezas” (Lc 16.13).

Conclusão: Como está o nosso coração diante do que o mundo oferece? Jesus disse: “Porque onde está o vosso tesouro, aí estará também o vosso coração” (Lc 12.34).

About Pr. João de Souza

Pastor, escritor, historiador e pesquisador bíblico

View all posts by Pr. João de Souza →

One Comment on “Vivendo com simplicidade”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*