Category Archives: Análise da Igreja Moderna

Os jardins de Satã

Faz tempo que não ouço uma pregação bíblica tratando de arrependimento de obras mortas, necessidade de confissão de pecados; necessidade de salvação, da existência de céu e inferno; de galardão e condenação eterna.
Observo que a partir do ano 2000 começou um esvaziamento da verdadeira pregação bíblica em detrimento de temas que agradam os ouvintes em suas necessidades diárias, como vencer as dificuldades da vida; resolver problemas da família e mensagens de prosperidade através da fé e de Jesus Cristo.

Tenho visto coisas…

Meus amigos tenho visto coisas nas redes sociais e nos jornais que causam espanto a qualquer pessoa cristã que mantém a ortodoxia da fé. Imagens de “cultos” que são, na realidade, cópias das reuniões afro, em que tambores, danças e línguas estranhas indicam a presença de demônios. Os líderes usam capas de diversas cores, como túnicas; diferentemente de uma veste litúrgica e as pessoas estão vestidas de branco como nos centros de religiões de cultos afro.

Fenômenos culturais e espirituais no culto a Deus

Existem dois fenômenos na igreja brasileira que tento entender, e, por mais que reflito e analiso não consigo chegar a uma conclusão. Escrevo em relação a evolução ou involução da liturgia da igreja – e aqui uso a palavra liturgia no seu sentido nato que é o serviço que o povo faz para Deus, e não o que comumente se pensa sobre liturgia, como uma ordem ou ritual de um culto tradicional e rígido.

Uma Igreja purificada pelo fogo

Quem são os homens e mulheres de Deus cheios de poder? Serão aqueles que curam enfermos e ressuscitam os mortos? Serão os que melhor falam em línguas e profetizam? Ou os que atraem multidões para si e constroem grandes templos? Não! Os que têm poder são aqueles que vivem em pureza e santidade. “… o justo é intrépido como o leão” (Pv 20.1).

Dicas práticas para perceber e curar os sintomas de um AVC espiritual

1. Reconheça que você está se tornando um crente velho, rabugento, que não suporta o que é novo e relevante tanto cultural quanto espiritualmente.
Como falei no artigo sobre denominações que sofrem de AVC, os membros dessas igrejas só pensam no antigo.
A primeira reunião que fiz para o pessoal da terceira idade aqui na igreja foi chamada de “culto da latinha”.

Uma Igreja acometida de AVC

Um dos sintomas nas pessoas que sofrem um AVC (acidente vascular cerebral) é que no processo de cura a mente passa a recordar as coisas antigas esquecendo-se dos fatos recentes. Pois este é o estado de algumas denominações brasileiras: Estão velhas, com estruturas de governo feudais, como aquelas cidadelas antigas cercadas de muros e numa zona de conforto.

O livre pensamento e os fariseus

“Rogo-vos, irmãos, pelo nome de nosso Senhor Jesus Cristo, que faleis todos a mesma coisa e que não haja entre vós divisões; antes, sejais inteiramente unidos, na mesma disposição mental e no mesmo parecer” (1 Co 1.10).
Certas pessoas fazem das palavras de Paulo aos irmãos da igreja de Corinto, uma regra utópica.

Consagração de mulheres ao pastorado – Uma análise bíblico-histórica

Este é um tema complexo, porque, admitem alguns, a proibição da função da mulher como pastora ou líder na igreja tem forte conteúdo cultural dos judeus e da sociedade greco-romana. Se Deus trata cada povo em sua cultura – estes se perguntam – por que não poderia agir diferente com a evolução cultural ocidental?

Em cima do muro

Lucas registra o episódio de Trôade em que Paulo, o pregador, se prolongou demasiadamente – sob a ótica atual pregou muito tempo – e um moço que estava assentado à janela “vencido pelo sono”, adormeceu e caiu do terceiro piso. Era meia noite. O jovem devia estar cansado. Êutico, “levantado como morto” foi socorrido por Paulo que, certamente orou por ele e o ressuscitou. Este último dado não aparece no texto.

A Igreja e a Política

Nota: Este artigo foi escrito por Olavo Silveira Pereira vinte anos atrás. Achei por bem postá-lo e deixar que o leitor pense e tire suas conclusões. A opinião de Olavo não representa, necessariamente tudo o que penso, mas o que ele diz deve ser repensado em nossos dias.
Definição: A política é o ramo das ciências sociais que estuda as diversas formas de organização do poder político, bem como sua dinâmica, suas instituições e objetivos.