Tag Archives: Espírito Santo

Por que não mais choramos por um avivamento?

“Os que com lágrimas semeiam com júbilo ceifarão” (Sl 126.5).

O verdadeiro homem de Deus é aquele que sente dores em seu coração, que se incomoda ao ver o mundanismo, a corrupção e a tolerância ao pecado da igreja, bem como a falta de oração do povo de Deus. O homem de Deus se incomoda ao ver que a oração corporativa da igreja não mais arrebenta as portas do inferno. Incomoda-se ao ver que os mais antigos membros da igreja não mais choram desesperadamente nem intercedem a favor de uma sociedade que se perde no lamaçal do pecado. “Por que motivo não pudemos nós expulsá-lo?” (Mt 17.19).

A essência do culto a Deus

Neste artigo, o propósito é estabelecer os princípios do Novo Testamento que nortearam as reuniões da igreja em seus primeiros anos de vida até depois da queda e destruição de Jerusalém.

Voando nas asas do vento do Espírito (parte 2)

Para poder voar nas asas do vento do Espírito, como afirmei no texto anterior é necessário que o homem de Deus passe por lutas e tribulações, única forma que Deus encontra para tratar com a carne.

Os místicos da igreja entendiam muito bem o que significava experimentar as profundezas de Deus, como visões, alocuções que é o falar em línguas, êxtases e arrebatamentos.

Voando nas asas do vento do Espírito (parte 1)

“O Espírito me levantou entre a terra e o céu e me levou a Jerusalém em visões de Deus” (Ez 8.3).
O profeta Ezequiel experimentou o que é viver na dimensão celestial. As visões que teve de Deus, de sua glória e majestade e o arrebatamento espiritual que o levou a Jerusalém são surpreendentes.

O som do Espírito Santo

O que aconteceu no dia da descida do Espírito Santo é impressionante. O Espírito avisou de sua presença enchendo o ambiente com um som, como de um vento impetuoso. Não houve vento, como afirmam alguns pregadores. Ouve um som muito forte. O vento vaza pelo ambiente! O som fica retinindo! E som do Espírito ficou ecoando na cidade de Jerusalém.

Deus fala. Deus concede – É questão de fidelidade de nossa parte

Dois princípios abordaremos neste artigo.

Primeiro. Deus fala conosco à medida que lhe obedecemos.

Cultivando a vida interior

Como é difícil cultivar a vida interior, tendo que vencer os desejos de nosso eu e submetê-los aos desejos de Deus. Sentir, como Paulo o “Cristo em nós” e ao mesmo tempo o latejar da carne e do pecado é constante desafio a todos os que querem sinceramente servir a Deus.

Aprendendo a ouvir a Deus

Texto: Isaías 50.4-5

Introdução:

Cair sob o poder do Espírito Santo

Nota introdutória

As manifestações do Espírito são surpreendentes nas Escrituras e na história da igreja. Meu objetivo, ao escrever este artigo é o de mostrar que tais experiências ocorreram em outros avivamentos da história da igreja, por isso apresento o tema à luz da Escritura, nossa regra básica de Fé.

Uns são e Unção!

Nestes últimos dias ouvimos experiências, as mais diversas, de pessoas que testemunham que receberam algum tipo de unção. Unção do leão, unção da águia, unção dos quatros seres viventes – imagine o que poderiam fazer com unção assim – unção da lagartixa, etc. Só não ouvi testemunho algum de alguém que tenha recebido unção do quebrantamento, unção da obediência, unção da paz, etc.