Category Archives: Falsos Movimentos e Avivamentos

À busca da Shequiná

“Rogo-te que me mostres a tua glória” (33.18).

Cristãos e pregadores baseados neste texto anelam por ver a glória de Deus imaginando uma manifestação de fogo, escuridão, arrepios pelo corpo, chuvas, ventos, saraiva etc. Uma palavra moderna para glória comumente usada é shequinah, no entanto, este autor passou um pente-fino em toda a Bíblia buscando encontrar a palavra shequinah no hebraico e não a encontrou. Quando aparece glória referindo-se a Deus, na maioria dos textos do AT é chabode. Existem 16 palavras traduzidas como glória, 10 no AT e nenhuma palavra hebraica como shequinah. Desconfio de que esta palavra tem origem na cabala judaica e faça parte do hebraico moderno, jamais do texto hebraico! No NT a que mais se apropria à glória de Cristo e de Deus é Doxa.

Três fontes de onde procedem milagres, curas e palavras proféticas

Alguns dias atrás acessei uns sites em que eram apresentados alguns cultos milagrosos e cheios de “poder”. O pregador profetizava e citava o nome das pessoas, a placa do carro, o número do telefone, a empresa, a rua onde ela morava etc. As pessoas no culto deliravam emocionadas; choravam de alegria e aquelas pessoas alvo das profecias se derretiam de emoção. Uma igreja onde o tal pregador esteve não acreditou muito e provou que o tal pastor acessou o site da igreja, retirou nomes de líderes de departamentos e acessou os sites de relacionamentos deles. O pregador usou de truques fabulosos e de muita criatividade. Deve ser uma pessoa que conta com bons assessores, que fazem um trabalho investigativo para ele.

Adeus, pregadores intocáveis! – J.L. Grady

Deus está sacudindo a igreja removendo os corruptos, mas somos culpados de trazer os charlatães para nossos púlpitos!

Al Capone controlava a cidade de Chicago. O prefeito da cidade comia na mão dele e Capone trazia a polícia sob cabresto, enquanto dominava um império de cassinos, prostituição e contrabando de toda espécie. Durante anos fez uso das armas e vivia acima da lei, a ponto de ganhar o apelido de “intocável”, porque ninguém conseguia levá-lo às barras dos tribunais.

Igreja sem voz profética

Ao longo dos anos venho fazendo análises sobre a igreja, e em um de meus livros, O Ministério de Libertação da Igreja – esgotado – apresento uma exegese de que no AT o governo de Israel era um triunvirato em que o rei, o sacerdote e o profeta governavam – este último denunciava o rei e o sacerdote, e denunciava o sistema político, econômico e religioso da nação. Muitos profetas foram mortos porque denunciavam os desmandos do rei e a iniquidade do sacerdote, permanecendo fieis a Deus.

Venha (a mim) o teu reino

“Acerca dos profetas. O meu coração está quebrantado dentro de mim; todos os meus ossos estremecem; sou como homem embriagado e como homem vencido pelo vinho, por causa do SENHOR e por causa das suas santas palavras. Pois estão contaminados, tanto o profeta como o sacerdote; até na minha casa achei a sua maldade, diz o SENHOR” (Jr 23.9-11).

O texto de Jeremias começa denunciando os profetas.

Pensamentos sobre avivamento.

1. Avivamento é fruto da ação do Espírito Santo na vida de uma pessoa. Começa pelo arrependimento, porque sem arrependimento não há avivamento pessoal nem coletivo. A missão do Espírito Santo é a de trazer convicção de pecados e mudança de vida nas pessoas.

O sacudir de Deus

Pois meus amigos, uma das especialidades de Deus é sacudir a terra; mexer com as estruturas e terminar com os sonhos errados dos homens. Sua especialidade é sacudir tudo que há sobre a terra para que sua vontade, definitivamente seja estabelecida! E existe base bíblica para o que estou afirmando. Deus destruiu a torre de Babel e espalhou os povos pela face da terra; Deus estabeleceu que os amalequitas tinham de ser destruídos; avisou que Israel seria levado para cativeiro se persistisse em desobedecer suas leis e notificou através dos profetas que levantaria um povo sobre a terra – de gente que não o conhecia pelo nome.

Quando se perde o foco da missão

Pois meus amigos, saí a caminhar e pus-me a refletir novamente sobre os rumos da igreja brasileira, tema sobre o qual venho escrevendo constantemente.

As mentiras de Davi Silva (E de tantos outros pregadores)

Confesso que fiquei chocado e surpreso com a carta de confissão de Davi Silva, conhecido nacionalmente por fazer parte do ministério Casa de Davi de Londrina. Mas, também passei a admirá-lo como pessoa, – nem tanto como cantor – pela atitude corajosa de pedir perdão ao povo evangélico brasileiro. Davi confessa em sua carta que mentia a respeito de certas experiências – que não são explicitadas na carta – de enfermidades das quais fora curado, de experiências com Deus que nunca teriam acontecido; e colocava uma pitada de mentira em experiências reais para dar glamour e impressionar seu auditório.

Alerta aos “apóstolos”! – Andrew Strom

Carta aberta a Peter Wagner, Dutch Sheets e demais “apóstolos”.
Esses dias li um relatório da nova “rede apostólica” liderada por Dutch Sheets que fez algumas reuniões na Flórida para “arrumar novos territórios” para seus apóstolos etc. Preciso escrever o que o Senhor diria a esses homens.