Ciência e esoterismo – Os cuidados que o crente deve ter

Existem certas práticas medicinais orientais que são comprovadamente científicas, mas que vêm carregadas de misticismo e esoterismo, coisas malévolas para o verdadeiro cristão.

1. Acumpultura.

A respeito da acumpultura posso afirmar que ela é uma prática milenar, usada pelos chineses para tratamento de saúde. Mas, como toda prática oriental, a acumpultura costuma aparecer carregada de elementos místicos. Eu já fiz acumpultura, devido às dores terríveis de coluna – e não resolveu coisa alguma – talvez por minha incredulidade, e, porque não era caso para tal procedimento.

Os problemas da coluna foram resolvidos depois que meu ortopedista me receitou um medicamento de uso contínuo que fortalece as juntas e a cartilagem óssea.

2. Quiropraxia

No processo de cura para a coluna indicaram-me um tratamento quiropráxico – ciência que trabalha com as mãos e feita por médicos graduados. Minha decepção aconteceu quando o médico especialista em quiropraxia quis colocar uma sementinha atrás da minha orelha, que recusei, mas, colocou três pontos sobre a lombar, com esparadrapo, e me disse que se um deles caísse deveria tirar os outros porque o tratamento não faria efeito. Desconfiei. Quando mostrei em casa pra minha esposa, imediatamente soou o sinal de alerta: Debaixo de cada esparadrapo havia uma sementinha que tiramos na mesma hora. Posso afirmar que aquele médico estava usando a ciência, que é o uso das mãos para tocar o corpo com práticas esotéricas.

Assim, tanto na acumpultura, uma ciência milenar comprovada, quanto na homeopatia, na quiropraxia e outras ciências costuma-se misturar misticismo oriental, com práticas budistas, confucionistas, hinduístas com a verdadeira ciência.

3. Homeopatia.

Cito outro exemplo para mostrar que a ciência, por vezes, descamba para o lado místico: A homeopatia. Ora, medicamentos homeopáticos são feitos de ervas e agem no organismo a longo prazo, mas, a prática de se receitar remédios homeopáticos costuma vir carregada de misticismo oriental, e, não duvido que certos laboratórios de tendências místicas misturem o bom e real com o espiritual, como, por exemplo, invocar poderes curadores sobre os produtos etc. O livro de Ezequiel fala do rio que sairá de debaixo do altar do templo e produzirá toda sorte de árvores cujas folhas servirão para a cura das nações, assim também existe o relato de Apocalipse.

4. Yoga.

Veja a Yoga, por exemplo. A posição de assentar-se como uma flor de lótus é comprovadamente relaxante, mas a Yoga traz no seu bojo mentalizações e frases orientais incompreensíveis. É uma prática oriental para entrar em contato com espíritos transcendentais, isto é, coisas que estão além da mente humana.

Quer dizer, em todas as práticas citadas pode entrar um espírito que não é de Deus.

Um médico que me tratou quando eu era jovem queria me induzir ao espiritismo para curar uma enfermidade hereditária. Ora, como já conhecia a Bíblia sabia que a hereditariedade é biológica, mas também espiritual. Então, por que não romper com aquilo quebrando a maldição de enfermidade? O que é natural, natural, mas o que é espiritual tem que ser tratado com fórmula espiritual.

Médicos acumpulturistas, quiropraxistas, psicólogos e psiquiatras costumam misturar o que é ciência com o espiritual, e, se a pessoa não ficar atenta se deparará, sem perceber, com alguém que “implantará” um “chip” espiritual levando o espírito daquela pessoa a submeter-se aos espíritos do mal.

Aconselho que o leitor fique sempre com um olho no padre e outro na missa; separando o científico do espiritual e recusando práticas orientais que levem ao misticismo. Pois, o verdadeiro misticismo do crente consiste em oração, meditação e estudo da Palavra de Deus.

Por ora é só.

 

4 Responses to Ciência e esoterismo – Os cuidados que o crente deve ter

  1. Legal, muito bom o site e o material.

  2. Nazareth Alves Pereira disse:

    Eu não sabia que Homeopatia era místico! Mas é interessante esses assuntos. E sim, eu já ouvi falar que Yoga não era bom, que sim as vezes, pode receber algum espírito mal.
    Foi bom saber.

    • Veja bem Nazareth, não falei que a homeopatia era mística. A homeopatia é a ciência que extrai da natureza, das folhas, flores, raízes remédios para a cura de enfermidades. O que comentei é que ela é usada por muitos curandeiros como se fosse uma coisa mística, mas não é. Um grande abraço,

      pastor João

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*