Os novos corruptos gospels

Confesso que depois de quarenta e sete anos de ministério e de haver escrito seis livros na área de louvor – e os que me conhecem me têm como precursor da mudança litúrgica da igreja brasileira – o que em parte é verdade – estou desiludido com os rumos que tomaram os cultos de nossas igrejas e o surpreendente desvio dos cantores gospels brasileiros.

Escrevi em 1985 O Ministério de Louvor da Igreja e depois a trilogia completa com Louvor e Edificação da Igreja e Ministério de Louvor: Revolução na Vida da Igreja. Depois veio Formando Verdadeiros Adoradores, Deixem Soar os Tamborins, Cântico ou Mantras o que estamos entoando em nossos cultos e, por fim encerrei a série de livros sobre louvor com O Livro de Ouro do Ministério de Louvor, prêmio excelência “Areté” 2011, escolhido como o melhor livro de liderança. Ainda tenho o Livro de Ouro dos Poemas e Cânticos da Bíblia, esperando alguma Editora querer publicar.

O tema de louvor, da vida dos dirigentes de culto, da vida dos cantores foi amplamente tratado nesses livros. Inclusive a questão dos cachês altos e do espírito de Balaão que os cantores incorporam com extrema facilidade.

Vezes seguidas denunciei através de meus artigos os descaminhos que tomaram os cantores da igreja brasileira. Fiquei dois anos em silêncio desde meu último manifesto, mas cada vez que me deparo com a alta soma cobrada pelos grupos gospel – e sei quais os que ainda não se corromperam, fatia que diminui a cada ano – tenho que falar, isto é, escrever. A única arma que tenho é escrever. E por haver escrito artigos em que denuncio a venda de dons e os ministérios balaônicos já não sou mais convidado para encontros grandiosos de adoração e louvor em que alguns cantores comparecem, e nem faço questão de comparecer, se bem que ainda participo de seminários de treinamento de líderes.

Fico imaginando certas letras de cânticos, como “faz chover” – que sempre imaginei chuvas de bênçãos, como se propõe nos hinários – mas que se subtende sejam chuvas de dinheiro; geração de Elias, de Samuel, geração deste e daquele, mas que em nada os cantores imitam na vida os personagens que entoam tão bem. Pois essa geração de Elias mais se parece a Balaão; a geração de Samuel mais se parece a de Eli e seus filhos e assim por diante. Investigue o patrimônio dessa gente e você se surpreenderá! É até caso para o Ministério Público.

Devo dizer que algumas melodias e letras são lindíssimas; fáceis de cantar, inspiradoras, mas quando examino o quanto o cantor cobra para cantar tais canções o único parâmetro que tenho para medi-lo está em Amós: “Afasta de mim o estrépito dos teus cânticos, porque não ouvirei as melodias das tuas liras. Antes, corra o juízo como as águas; e a justiça, como ribeiro perene” (Am 5.23-24). O único que fez uma letra e cantou com sinceridade este texto foi Don Moen em que confessa o que Deus diz a ele: Music fits good on you! A música lhe cai muito bem! Mas, quando você entoa suas melodias fecho os ouvidos para não ouvi-las, porque a sua vida não condiz com o que você canta. Mais ou menos assim, diz a letra em inglês que nunca foi traduzida para o português.

Que adianta cantar sobre os profetas que não se corromperam, se os cantores que assim entoam já se corromperam eles mesmos, aumentando cada vez mais seu cachê chegando a preços absurdos? Essa denúncia também me afeta financeiramente, porque como não imponho preço para pregar nas conferências, certos pastores acham que eu não me alimento, não vou para o aeroporto de táxi, e que tudo é de graça quando se trata de pregar a palavra de Deus.

Pois bem. Decidi que não mais comparecerei em shows gospels! Não compactuo com os cachês altíssimos que os grupos gospels recebem. Também não suporto o som excessivamente alto e o espírito de show nas celebrações.

Faça uma comparação entre o ministério da pregação da palavra e o ministério dos cantores gospels, se é que se pode comparar os dois ministérios! O pregador gasta horas preparando seu estudo, orando, tem a responsabilidade de ser o porta-voz de Deus; de alcançar o coração das pessoas com a mensagem divina; depois ora pelas pessoas, aconselha, liberta e, acaba enfrentando dois problemas: Congregações que não suportam ouvir uma pregação bíblica, porque tem coceiras nos ouvidos; e pastores que não sabem honrá-los com uma oferta de amor digna de sobrevivência por uma semana.

Sim, o cantor também se desgasta ensaiando, mas deveria ser mais disciplinado na sua vida de integridade com Deus e com o povo! E os pastores que convidam tais cantores são cúmplices dos pecados deles.

Anos atrás optei por ser pregador da palavra de Deus e não cantor e não me arrependo, só que hoje me dou conta de que incorro no pecado de comparar o desgaste do ministério; e o fato de que aos 66 anos de idade preciso trabalhar doze horas por dia revisando e escrevendo livros e preparando pregações para ter o que comer durante a semana, enquanto os cantores gospels tiram num fim de semana valores que oscilam entre cinco e setenta mil reais! O leitor acha justa a cobrança tão alta de cachês? Não? Mas, gosta de ouvir as músicas deles!

E pior, conheço pregadores que para fazerem re-té-té, usar a neurolinguística e emocionar as pessoas – e o povo e os pastores gostam desse divertimento – também acumulam um patrimônio invejável!

O leitor imaginará que estou frustrado, nada disso. Não estou frustrado com o ministério, pois Deus me honrou permitindo-me escrever 37 livros, muitos deles conhecidos em todo o Brasil e exterior. Estou tranquilo com minha consciência, certo de que nunca defraudei ou roubei – como fazem os cantores roubando ao povo – ganho meu sustento dignamente, mas estou frustrado com os rumos que tomaram a igreja brasileira; com a desvalorização do ministério da palavra em detrimento de divertimento gospel nas igrejas. Os homens de Deus que conheço e que são profundos conhecedores da palavra de Deus não vivem nababescamente como os cantores gospel; são homens que sabem honrar o chamamento divino. A maioria dos cantores que são famosos nesta nação – nem todos, é claro – venderam-se ao sistema, inclusive os que cantam sobre os profetas que se corrompem; eles mesmos corrompidos!

Hoje, vivem-se como nos dias de Jeremias, em que as pessoas têm coceiras nos ouvidos; que preferem adorar a rainha dos céus (sim, as rainhas gospel brasileiras); que ouvem os profetas falsos (cantores gospels), e se deleitam no conforto de suas casas.

Que Deus tenha misericórdia de nós!

35 Responses to Os novos corruptos gospels

  1. Cleber Tins disse:

    Parabéns meu amigo Pr João, nesses últimos 10 anos temos tentado trazer alguns ‘irmãos’ da área musical para nossa vigília anual, realizada na noite do dia 1º de fevereiro, mas os caches e as mordomias exigidas são encandolas, e ainda por cima não ficam para ouvir a palavra, saem correndo, exigem o cache adiantado e ficam devendo a nota fiscal. Seja a boca profética que a Igreja precisa, Deus te abençõe!!

  2. Paulo Cesar disse:

    Olá meu amado irmão, me impressiona sua coragem de vir a publico denunciar tais práticas que não condizem com o evangelho do Senhor Jesus. Digo isto por que não só no caso de músicos mas infelizmente também muitos “pastores e apóstolos” de nossos dias tomaram o mesmo caminho e o pior é que muitos irmãos aceitam tais práticas sem ao menos questioná-las, e o pior ainda é que quando outros irmãos que tem temor a Deus falam contra essas práticas são taxados de extremistas e hereges. Qual evangelho está sendo pregado hoje? Tudo que Jesus fez em sua vida e ensinou não tem mais valor? O que vale hoje é o que os lideres falam? Que bíblia os irmãos estão lendo,se é que lêm?! Conheço alguns de seus livros e aprendi muito com o irmão apesar de não conhecê-lo pessoalmente e oro para que como o irmão, surgam outros nesse país com coragem e ousadia de confrontar tais pecados! Quem sabe assim a Igreja do Senhor ache um lugar de arrependimento em seu coração! Um abraço! Pr Paulo.

    • Meu querido. É tão bom saber que se pode fazer a obra de Deus com poucos recursos. Para que o irmão tenha ideia, esta semana toda estou ministrando na missão Kairós, em SP e não ganharei um tostão por isso.!

      • Ernani César disse:

        A Paz Pastor João,parabens pela matéria, mas gostaria de saber como convida-lo para uma ministração, e o que seria o ideal para que a igreja pudesse abençoá-lo com uma oferta tendo em vista que minha igreja tem uma oferta por culto de 200,00 em media, acho pouco, mas não acho justo ficar forçando a barra para podermos arrecadar mais.

  3. Guilherme Lopes disse:

    Ótimo artigo Pastor João!!!
    Estas verdades, causam coceiras nos ouvidos de muitos, principalmente lideres que exploram o povo.
    Para não incorrer no mesmo erro de muitos que trabalho duramente, tenho meu sustento e as ministrações que faço são gratuitas, gasto minha gasolina e dou oferta, e não cobro nada. Estou gravando um CD cujo os recursos adquiridos serão enviados para mmissionários tão necessitados. Deus tem me prosperado muito, mas não nas custas do povo de Deus, mas sim através do meu suor, pela graça de Deus.
    Que os Ministros de Deus usem a vida de Paulo como exemplo, trabalhando e evitando depender dos recursos da igreja, pois o pecado esta a porta, e a tentação da corrupção nos rodeia o tempo todo.
    Abraço

  4. Iara Maia disse:

    Graça e paz Pr.João.
    Deus me deu o privilégio de, antes mesmo de conhecê-lo pessoalmente, ler os livros que o irmão escreveu sobre louvor e adoração. Os quais, sempre indico quando participo de algum seminário sobre o assunto. Infelismente, vemos atualmente o rumo que a igreja de Cristo está seguindo. Concordo com suas palavras e peço que Deus abençõe aqueles que com o coração inflamado por amor a Obra, são rejeitados e mal entendidos ou mal interpretados.Vejo claramente se cumprindo o que está escrito em Mateus 15:8 e 9. Que Deus o abençõe e o fortaleça cada dia mais. Abraços em Cristo. Miss. Iara

  5. Daniel Henrique disse:

    É realmente lamentável a inversão de valores que está acontecendo e isso parte dos líderes que não ensinam e o povo acompanha.

    E o que fazer diante dessas situações? Além de orar…

  6. André Mafassioli disse:

    Mais um das boas palavras, Pr.João, poucos são os que tem a coragem de denunciar esta “lavagem de dinheiro”, que estes cantores promovem, shows, com ingressos caríssimos, hotel 5 estrelas, cachê, aparição em programas de auditório, aonde muitas vezes levam mais vergonha do que presença de Deus na vida, infelizmente, além destes ainda tem os ‘conferencistas Internacionais’, o camarada prega uma palavra ali na Argentina, e já se auto proclama internacional…é brincadeira… Mas continue denunciando Pr. pois muitos dos ‘entendidos’ da palavra só sabem dizer: Ai daquele que se levanta contra o ungido, sem comprovar os frutos e a vida cristã do tal ‘ungido’ e o povo continua se perdendo em meio a esta sujeira toda. Só Jesus na causa… Um abraço e que Desus continue lhe honrando no seu ministério.

  7. Rosivaldo Santiago disse:

    Jesus foi traído por Judas, por causa de dinheiro e hoje continua sendo traído do mesmo jeito. A alguns anos Muitos líderes (Pastores etc…), principalmente de igrejas neopentecostais se corromperam com a barra do ouro, hje isto está acontecendo com os músicos gospel…a mesma corrupção. Na verdade, o capital (Mamom) está tomando conta de todas as esferas da sociedade (esportes, artes e agora igreja evangélica). Precisamos orar para que estes irmãos se libertem de Mamom…acho que existem muitos músicos e líderes sinceros que foram envolvidos por Mamom, sem perceberem e agora estão presos e não conseguem sair…terão que renunciar muita coisa…que Deus os liberte. Parabéns querido Pastor pela denúncia

  8. Sandro da Silva disse:

    Ótimo artigo Pr. João. Uma grande realidade que a muitos anos está impregnada na vida da igreja, acabamos aceitando como normal e esta assim hoje. Cabe este comentário a muito pastores que tem o mesmo procedimento diante de igrejas, construindo e pregando o seu REINO não o Reino de Deus. Parabéns por tudo que escreveu.

  9. Getro Jr disse:

    Pr João, parabéns pelo discernimento e coragem. Gostaria de saber de qual trabalho é a música do Don Moen citada na matéria. Abraço!

  10. Olá,Pastor João, graça e paz! Já estava sentido falta das suas publicações. Também fico triste com o rumo que a Igreja tem tomado. Há mais ou menos 2 meses a Record fez uma reportagem sobre o crescimento do número de evangélicos no país, maravilha, não? mas desses, quantos negam-se a si mesmos, tomam sua cruz, renunciam a tudo e seguem a Jesus?
    Meus colegas de trabalho, somos 6 em uma sala, tem muita resistência ao evangelho simplesmente por causa do testemunho desses “neo-evangélicos”, se é que existe essa palavra.
    Mas, como a culpa desses escândalos políticos que o País vive hoje é do “povo” e não totalmente dos políticos, esses líderes e cantores não tem toda a culpa, pois eles pregam e cantam o que o “povo de Deus” quer e paga para ouvir.
    Respondam-me, porque em congressos, vigílias, retiros, etc… as igrejas preferem “investir” em grupos de louvor que estão nas paradas de sucesso do que dar crédito, equipar e utilizar os seus próprios músicos locais? Será que é por que profeta de casa na faz milagre?
    A resposta que tenho é que o fim está próximo, e é aí que os Eleitos serão conhecidos, pois como Elias, os verdadeiros discípulos não estão sozinhos, existem muitos, que não serão confundidos com os evangélicos mercenários, mesmo estando todos juntos no campo, um do lado do outro, pois serão visivelmente diferenciados pelo Senhor da seara, quando Este der ordem para que o joio seja arrancado do meio do trigo.
    O Senhor governa e Sua Palavra se cumpre!

  11. CARLA disse:

    Prezado Pr João,a Paz do Senhor.

    Acompanho seu ministério através do site e das literaturas durante muito tempo… sou levita há mais de 10 anos e Pastora há quase 6 anos, e compartilho da mesma opinião que a sua ao que se refere ao tipo de cantores da atualidade e de alguns pregadores que vêm se corrompendo no decorrer dos anos, é triste vê o rumo que levou o canto “gospel” e também a pregação da Palavra que hoje, na sua maioria, está mais direcionada a pregar o que o povo quer ouvir, do que o que ele precisa ouvir.
    Oro ao Senhor que te abençoe poderosamente em todas as áreas que continues a combater este tipo de postura cristã, pois tenho visto muitos homens de Deus que combatiam certos posicionamentos errôneos de alguns líderes e cantores, e hoje apoiam certas práticas, mas que o nosso Deus o conserve nesse mesmo propósito, assim como oro constantemte ao nosso Deus que nos livre(a mim e meu amado esposo, também Pastor)de toda sedução, e nos mantenha firmes nos Seus propósitos que é a pregação da Palavra Genuína visando o crescimento sadio do Reino de Deus, levando vidas a conhecer a Cristo da forma correta, na simplicidade da Sua Palavra.

    Deus o abençoe grandemente estendendo as Suas bênçãos á sua família e ministério.

    No amor de Cristo,

  12. Marcus Vinicius disse:

    Pr. João, parabéns mais uma vez pelo site, seus escritos são ouro em meio a tanta teologia distorcida que estão tentando nos entubar nos dias de hoje e sobre os louvores a cada vez me entristeço mais com esses louvores feitos nitidamente para vender cd’s aonde as letras incentivam a lei do toma la da, inveja, cobiça, etc. Quanta diferença dos hinos da harpa cristã!!!
    A paz Pastor!!!

  13. Soares disse:

    Mto bom, mas gostaria que o ilustre pastor desse nomes de alguns bois. Seria ótimos divulgarmos quem são os falastrões desse filão “Go$$$pel”. Vou citar so alguns nomes dos mais conhecidos porque extensa é a lista: Os irmão Valadão, Aline Barros, Lázaro, Resgate, Ofina G-3, Ministério Trio, Mara Lima, Apoc. 16,Ludmila Feber; e por aí vai…
    Não são apenas sem unção, não; são também sem noção.
    Levitas? Não, falastrões!!!!

  14. Olá Pr. João, Graça e Paz…

    Amado Pastor, conheço alguns dos seus trabalhos, e neles podemos comprovar a sua seriedade, não só no que se diz respeito ao louvor, musicalmente falando, mas, em tudo que se diz respeito a obra de Deus. Posso sentir em meu coração a revolta que o senhor tem sentido diante destes fatos. Creio que podemos em uma analogia, compara-las ao Senhor que semeou em sua terra a boa semente e ao germinar, nasceram também plantas ruins. vindo os seus trabalhadores lhe perguntaram: Senhor, não plantas-te boa semente, porque então nasceram também plantas ruins? Em que lhes respondeu: A boa semente são os filhos do reino, a má semente são os filhos do Diabo.(Parafraseando a parábola do trigo e o joio)(Mt-13:24-30).
    Vamos sofrer amado pasto, mas, diz a palavra do Senhor, que, só os nossos olhos verão a recompensa dos ímpios.
    Obs: Com a sua permissão, irei postar em meu blog. OK?
    Deus abençoe a sua vida, sua família e ministério….

  15. pati disse:

    o meu pastor so prega a verdade, doa a quem doer e infelizmente nenhuma igreja mais prega a verdade os pastores querem agradar pessoas e nao a deus. digo ate que 90% desses crentes nao cristaos que tem por ai desagradam muito adeus pelo seu liberalismo

  16. pati disse:

    a aline barros foi escolhida por deus mas acabou se perdendo faz ensaios fotograficos para revistas, vive em programas televisivos e seu cache e um dos mais altos…. e arrasta milhoes de idolatras…………….

  17. jose disse:

    È BOM ISSO PARA ALERTAR OS QUE NÃO SABEM.MAS….

    ELES CONTINUARÃO FAZENDO,SEUS SHOW GOSPEL(e não louvores

    a Deus)PORQUE NA MAIORIA DELES O deus DELES É O…….

    D I N H E I R O.

  18. washington disse:

    Amado pastor João, quero dizer que fiquei bastante curioso e li todos os comentário referentes ao assunto e concluí que: nós que temos nos esforçando para viver uma vida simples em favor dos que não tem quase nada, não estamos sozinhos, Deus tem levantado pessoas, o amado pastor é uma delas, com amor pelas vidas por quais Cristo morreu. Estou certo de que nenhum valor em dinheiro paga o valor de um pecador que se arrepende e se volta para Deus, para ser mais claro: nenhum “cachê” paga o valor de uma alma. Que o Senhor o abençôe ricamente.

  19. zerodrigues disse:

    …E criou Deus o homem à sua imagem,conforme a sua semelhança…
    Ao contrário dessas palavras,têm criado,em especial,os evangélicos(gospel),deuses conforme sua própria imagem e semelhança.
    Querem poder,luxo, glória e muita riqueza,extraindo da BÍBLIA algo que pareça confirmar suas heresias e bestialidades.E confundem a muitos,ou melhor,a quase todos,cindo DEUS como mentor!
    Não me refiro somente ao lixo,ao qual chamam de música,e,não obstante,denominaram-na de louvor.Com luzes,fumaça,dançarinos e muita loucura,mas também os telepastores,que dispensam comentários.
    Não nos esqueçamos que hoje, poucas igrejas,mesmo às mais tradicionais escapam.A concorrência é grande,o que leva a maioria das igrejas a pagar invejáveis lalários aos seus pastores,além de um monte de vantagens, como:Carro com gasolina,casa,seguro saúde,seguro de vida,férias remumeradas,folga semanal viagens e etc.
    O receber de graça e de graça dar, ou,´´vou cantar um hino pra louvar o nome do Senhor“,na maioria das igrejas já não existe mais!
    Como citei,todos os telepastores,e quase todas as igrejas tradicionais,ultimamente, estão envolvidas,entre outros escândalos,levar pregadores corruptos e show gospel para animar suas congregações,pagando cachês absurdos!
    A proposta feita por Satanás à Jesus,oferecendo-lhe os reinos do mundo e a glória deles,se,prostrado o adorasse,têm muita gente disputando palmo a palmo,de unhas e dentes,para receber,(e recebem)das mãos de Satanás o que Jesus rejeitou…
    Pr.João,parabéns.

  20. Moacir P Vasconcelos disse:

    Boa noite Pr. João, graça e paz do Senhor Jesus.

    Gostaria muito de pode conversar com o irmão, se possível me mande o seu celular pelo e-mail, oquanto antes
    A melhor expectativa q quero gerar no seu coração e q a partir de hoje estarei com o seu nome na minha lista de oração e fazer contato contigo será um PRAZER IMENSO para este seu conservo.
    Um grande abraço e q o Senhor te fortaleça e superabunde em tudo.
    Moacir.

  21. César Thomé disse:

    PAZ NOBRE IRMÃO! VALE RESSALTAR QUE EXISTEM ESCESSÕES QUANTO AS CANÇÕES E CANTORES QUE LOUVAM QUE SOMOS a “GERAÇÃO DE SAMUEL, DE ELIAS…E FAZ CHOVER COMO O MESMO DISSE” CONHEÇO O AMADO IRMÃO FERNANDINHO E QUEFEZ ESTAS CANÇÕES OU VERSÕES….ELE TEM UM CHAMADO NOBRE É FORMADO EM TEOLOGIA É MENBRO DA 2 IGREJA BATISTA DE CAMPOS E É COLABORADOR DA RECONSTRUÇÃO DE IGREJAS EVANGELICAS NO HAITI E DE TANTAS OUTRAS OBRAS QUE NÃO SE VANGLORIZA EM DECLARAR…TBM SOU CONTRÁRIO A ESSE TIPO DE MERCADO….MAS DERREPENDE EU NÃO TENHA LIDO OU OBSERVADO O AMADO SE DESCULPAR PELO TEMPO QUE TBM ANDOU E COMEU A MESA COM ELES…O FATO É QUE ANTES TARDE DO QUE NUNCA…ÓTIMO TEXTO PARA REFLEXÇAO

  22. Eutasssss disse:

    Concordo plenamente com o post e só penso tbm que quem convida os tais compactuam da mesma forma com essa praga dentro das igrejas, não se vê que a igreja não tem mas respaldo em nada, por que nos igualamos a Roma nos programas de tv através desses astros gospél, sinto dizer que quem cobra por uma noite de prazer ou um dia de prazer é uma prostituta , mas a igreja do senhor não é uma prostituta ela é a noiva do senhor e que cobra para supostamente atrair a presença de Deus é prostituto ou prostituta do evangelho, mas um dia virá o noivo e cobrará. Que o Senhor tenha misericórdia dessa geração!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*