Os profetas da virada do ano

Todos os finais de ano – infalivelmente – recebo por e-mails as predições do ano que se inicia. Não bastassem os profetas e videntes que manuseiam cartas, búzios, horóscopos e livros orientais, agora apareceram os “profetas de Deus”, sempre nos finais de ano profetizando.

Olha esta que recebi:

Meus irmãos! Eu tremo e temo por estar na presença do Senhor…  como profeta de Deus, o Senhor tem iluminado os olhos do meu coração para um sonho espiritual tremendo neste final de ano em 2008, e eu tremo e temo por estar nesta posição, sim amados… Pois sei da responsabilidade que tem um Profeta. – Eis as palavras do homem que se intitula “apóstolo profeta Emmanuel Khant de Oliveira”.

Não o conheço, mas, também apresenta uma previsão catastrófica para o Brasil em 2009. E que catástrofes! Claro, ele continuará a viver no primeiro mundo, no Texas grandioso!

Viram que espiritualidade? E a profecia é enviada do hemisfério norte para o povo tupiniquim, para os brasileiros. Alguns irmãos do Norte acham que os crentes brasileiros nada sabem; pressupõem que os crentes daqui não têm líderes espirituais que conduzam o povo; que o povo não lê as escrituras…

Nós sabemos o que virá sobre a igreja brasileira: basta acompanhar os noticiários e as medidas que estão tomadas por deputados e senadores em Brasília. Existe uma conspiração mundial? Claro, o Salmo 2 já tratava disto nos dias de Davi.

Você quer saber o que acontecerá em 2009? Leia Bíblia e deixe de ouvir os profetas sonhadores. Os magos espirituais do hemisfério norte se apavoram com qualquer coisa! Recordo-me do Morris Cerullo que andou pelo Brasil em 1999 pregando e alertando os irmãos para guardarem água e alimentos devido a mudança de milênio e o colapso nos computadores mundiais. E houve irmãos que re-enfatizaram nos púlpitos a mensagem do Cerullo – que no fim da vida se tornou um profeta catastrófico. O mundo passou de 1999 para 2000 sem problemas algum! Como nada do que ele profetizou se cumpriu, o homem que tantas vezes foi usado por Deus, deixou-se levar pelo espírito das catástrofes e errou!

Faz uns três anos que outro profeta, o Rony Chaves enviou-nos cartas anunciando que o ano seguinte seria o ano da unção profética. E alertava para uma condição: todos os que se submetessem aos apóstolos seriam abençoados… Isto que havia desafiado os irmãos brasileiros a ungirem o país do Oiapoque ao Chuí – o que foi feito. Como se a mensagem de Deus tivesse mudada para: Vão e unjam as nações, derramando óleo sobre elas. Na realidade, Deus nos mandou pregar e fazer discípulos, não ungir a terra.

E assim, os profetizadores de catástrofes estão aproveitando a crise mundial para profetizarem. Haverá crise? Sempre houve crises! Quando eu nasci em 1946 – mamãe me disse mais tarde – os padres capuchinhos andaram pela nossa vila de pescadores a Z15 na Barra do Aririú, em Palhoça, alertando as mulheres que deveriam engravidar, do contrário iriam parar no inferno. É que com a Segunda Grande Guerra, as mulheres evitavam filhos…

Fiquem atentos à mensagem desses profetas. O que está reservado para o mundo foi profetizado por Jesus, a João o apóstolo na Ilha de Patmos.

About Pr. João de Souza

Pastor, escritor, historiador e pesquisador bíblico

View all posts by Pr. João de Souza →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*